Diário de um sobrevivente do armagedon

Isto não é fantasia, é o que nos foi ensinado a esperar quando éramos TJs.

Por: Michael Pendley

DIA 1

Bem, o Grande dia A acabou e eu sobrevivi. Nesta manhã, fiz meu caminho até o Salão do Reino. Até o final do dia, a maior parte da congregação se reuniu no Salão. Alguns irmãos e irmãs ainda estão desaparecidos. Ed Thorn, nosso superintendente presidente, disse-nos que aqueles que estavam em falta deveriam ter gasto mais tempo no serviço de campo.

DIA 2

O irmão Thorn convocou uma reunião especial nesta manhã. Ele anunciou que ele e os outros anciãos estariam agora assumindo plena autoridade sobre a nossa nova comunidade até que o contato fosse restabelecido com a sede. Todas as decisões relativas a regulamentos comunitários, condições de vida, as atribuições de serviço e outros assuntos estariam a critério exclusivo dos anciãos.

Sam Greene se opôs a esta política ditatorial, foi quando Thorn mostrou uma carta da Sociedade datada de vários meses, que afirmava que, depois do Armagedon, o corpo local de anciãos seria responsável por todas as decisões até que a Sociedade pudesse retomar as ações. Sam expressou novas objeções. O resto de nós aceitou o novo arranjo.

A primeira nova regra não demorou a chegar – todos os irmãos e irmãs foram obrigadas a comparecer ao Salão do Reino às 8:00 todas as manhãs para receber atribuições de serviço e outras instruções.

DIA 3

O Irmão Thorn me atribuíu os detalhes do enterro. Parece que a maioria dos irmãos foram atribuídos com este dever desagradável. Os corpos mortos já estão começando a chegar até mim. Me causa enjoo observar os pássaros e outros animais limpar os cadáveres. Na verdade, hoje eu vi um corvo arrancar um globo ocular. Repugnante! Rob Johnson tem um bulldozer e começou a cavar uma grande vala comum. Meu trabalho é ir junto, coletar os corpos e colocá-los na parte de trás de uma caminhonete.

DIA 4

Tivemos hoje a nossa primeira comissão judicativa. Larry e Sue Winters haviam se mudado para a mansão McRae, que já foi a subdivisão exclusiva da empresa Cypress Oaks. O problema era que a irmã Thorn já estava de olho no lugar e, como esposa do superintendente presidente; ela percebeu que deveria ter prioridade. O irmão Thorn disse ao irmão e irmã Winters que eles não tinham o direito de reivindicar nada sem a aprovação dos anciãos. Eles foram obrigados a sair da casa ao anoitecer. Os Winterss ficaram muito decepcionados, mas concordaram em se mudar.

DIA 5

Na reunião da manhã, os Thorns anunciaram que estariam se mudando para a casa McRae. Os Winters estavam pálidos, mas não disseram nada. Também foi anunciado que as casas de propriedade vizinhas tinham sido designadas para os outros anciãos. Posição tem privilégio, mesmo no Novo Mundo.

Alguns irmãos começaram a chamar a área de “Colina dos Anciãos.” Também foi anunciado que qualquer pessoa que queira se apropriar de uma casa deve primeiro apresentar um pedido aos anciãos. Eu decidi ficar em minha própria casa. Não parece certo mudar para a casa de outra pessoa, mesmo que fossem mundanos. Me faria triste entrar na casa de alguém e ver as fotos da família e pertences pessoais. A maioria dos outros não se sentem dessa forma, eles não se incomodam em saquear os mortos.

DIA 8

Na reunião da manhã, os anciãos anunciaram um novo calendário de reuniões. No domingo, ainda teremos a palestra pública seguido por um estudo dos velhos artigos da Sentinela até chegarem as novas revistas. Na terça-feira à noite, teremos um estudo do livro de congregação. A Reunião de Serviço foi cancelada (sem mais necessidade), juntamente com a Escola do Ministério. Eles foram substituídos por uma sessão de instrução a ser realizada na sexta-feira à noite. Esta nova reunião nos instruirá sobre como nos conduzirmos na Sociedade do Novo Mundo. A melhor coisa, é claro, não haverá mais o serviço de campo!

DIA 10

Este trabalho de enterrar está se tornando um fardo pesado para mim. Eu não posso evitar, mas me sinto triste com a perda de tanta vida humana. Por que Jeová não encontrou uma maneira de salvar mais pessoas? As crianças são o pior, eu não agüento mais ver seus pequenos corpos. Eu acho que não vou me apresentar para o trabalho amanhã.

DIA 11

Eu não fui trabalhar hoje. Ed Thorn passou por aqui mais tarde e me perguntou por que eu não estava no trabalho. Eu lhe disse que não me sentia bem. Ele me disse para ir ao trabalho, que todos se sintam bem todo o tempo no Novo Mundo. Ele também me disse que a depressão e ansiedade mental eram coisas do passado. Claro, ele não tem que enterrar os corpos.

DIA 14

Duas semanas se passaram. Eu realmente sinto falta de coisas como eletricidade e água corrente. Pergunto-me se algum dia vai ter essas coisas outra vez. Rob Johnson e eu pegamos emprestado um gerador do Salão do Reino na noite passada e conectei minha televisão e videocassete. Passamos um bom tempo assistindo alguns vídeos de “Jornada nas Estrelas” e uma fita de Super Bowl do ano passado. Eu realmente sinto falta da televisão.

DIA 15

Na reunião da manhã, o irmão Thorn repreendeu publicamente Rob e eu por assistir televisão. Os anciãos decidiram que, a partir de agora, assistir vídeos é proibido, uma vez que não queremos que o nosso novo paraíso seja contaminado pelo velho mundo. Thorn especulou que um DIA poderíamos ter a “televisão teocrática” da Sociedade. O Canal Torre de Vigia? Me poupe.

DIA 20

Por enquanto, nenhuma palavra da Sociedade. Temos falado com representantes de congregações ao redor, mas os anciãos não estão permitindo que qualquer pessoa viaje. Carol Woods queria visitar sua irmã no município próximo para ver se ela estava bem, mas o irmão Thorn disse para ela ficar e ser paciente. Afinal, ela teria muito tempo para ver sua irmã mais tarde. Eu acho que foi uma coisa cruel de se dizer.

DIA 30

Nós finalmente terminamos a maior parte do trabalho de sepultamento. Estou tão aliviado. As aves necrófagas ainda estão penduradas em torno. Eu odiei a visão da gordura, que criaturas nojentas. Uma dessas criaturas me atacou um dia. Eu acho que adquiriram um certo gosto pela carne humana.

DIA 45

Muitos irmãos e irmãs estão ficando cansados de serem mandados pelos anciãos. Eles comandam as coisas como naquelas plantações do Sul, onde nós somos os escravos, e eles os supervisores. Fui transferido para trabalhar na fazenda comunitária. É um trabalho duro, que supera o do enterro. Sam Greene está para organizar uma comissão para falar com os anciãos sobre algumas das queixas que todos nós temos.

DIA 47

Os anciãos descobriram sobre a tentativa de “rebelião” de Sam Green. Na reunião da manhã, ele foi repreendido publicamente e aconselhado a orar por um espírito humilde. Ninguém está a falar com ele até que mostre arrependimento adequado. Eu não posso acreditar que estamos dissociando pessoas no Novo Mundo

DIA 51

Hoje chegou finalmente um representante da Sociedade. Wade Peters, um jovem Betelita, chegou a cavalo. Ele nos disse que a Sociedade mudou toda a equipe da sede para Patterson após a destruição da cidade de Nova Iorque. Nós também recebemos a primeira Sentinela pós-Armageddon (hoje emitida trimestralmente).

Muitos de nós esperávamos que ele trouxesse informações permitindo-nos mais liberdade pessoal, mas ficamos muito desapontados ao ler que tínhamos de continuar a seguir as instruções dos anciãos locais até novo aviso. Ele também deu aos anciãos uma cópia de um novo manual de procedimentos (intitulado ORGANIZADOS PARA O NOVO MUNDO), mas nenhum de nós fomos autorizados a vê-lo.

DIA 69

Meu melhor amigo se casou hoje, num casamento de espingarda! Rob e Sally Kennedy foram descobertos juntos, envolvidos em uma sessão pesada de beijos. Depois de uma reunião judicial, o irmão Thorn anunciou que agora eles estavam casados, sem uma cerimônia nem nada! Rob se opôs tenazmente, explicando que ele e Sally não tinham feito sexo. O irmão Thorn, no entanto, declarou que a decisão estava em conformidade com o novo manual de procedimentos dos anciãos. Sally parecia bastante feliz, mas Rob está em estado de choque. Lembro-me de uma vez que ele me disse que pensou que ela era tão muda como uma caixa de pedras. Agora ele está casado com ela para sempre. Vou ter que lembrar de manter minhas mãos nos bolsos quando encontrar alguma irmã.

DIA 80

Os recém-casados não estão se entendendo. Houve um monte de fofocas sobre suas brigas horríveis. Rob confidenciou-me hoje que ele foi nos anciãos em uma tentativa de anular o casamento. Disseram-lhe que de acordo com o novo manual de procedimentos da Sociedade, divórcios e anulações não seriam permitidos por qualquer motivo. Além disso, todo casamento agora tem que ser aprovado pelo corpo local de anciãos.

DIA 81

Sam Greene foi restabelecido hoje. Ele ainda está infeliz, mas agora mantém seus pensamentos para si mesmo.

DIA 89

Estamos todos em estado de choque! Rob se suicidou hoje. Eu acho que a ideia de passar a eternidade com Sally não era aceitável para ele. Os anciãos se recusaram a deixar-nos realizar um serviço de funeral. Ofereci-me para enterrar meu amigo. O irmão Thorn me instruiu para enterrá-lo na vala comum onde tinha colocado as pessoas mundanas. Ninguém veio para o lado da sepultura, nem mesmo sua viúva. Eu recitei uma oração para meu amigo. Vou sentir muita falta do Rob.

DIA 100

A vida está se tornando miserável para muitos de nós. Os anciãos continuam colocando novas regras para nós todos os dias. Somos informados que devemos levar vidas santas de serviço e submissão. Nenhuma dissidência ou discussão é permitida. Parece que tivemos mais liberdade antes do Armagedon. Eu nunca pensei que seria nostálgico sobre o velho mundo.

DIA 111

Eu não posso mais suportar isso aqui. Vou viajar para a casa do meu irmão, a cerca de cem milhas daqui. Viajando a pé acho que posso fazer isso em cerca de cinco dias. Eu gostaria de poder obter gasolina para o meu carro. Vou ter que fugir uma vez que os anciãos ainda não estão dando permissão para ninguém viajar. Tenho guardado um pouco de comida e pretendo partir esta noite depois do toque de recolher. Espero que meu irmão ainda esteja vivo, talvez ele saiba se mamãe e papai estão bem.

DIA 112

Saí da cidade hoje. Eu me pergunto: eles sentem minha falta? A destruição no interior é incrível. Como será que vamos reconstruir tudo isso? Eu já vi poucos esqueletos. Eu acho que ainda há muito trabalho para fazer o enterro antes de construir um paraíso.

DIA 113

Fui para um grupo de irmãos da congregação de Westview. Eu fui detido com uma arma! O Irmão Thorn enviou informações sobre mim. Estou furioso. Por que não posso visitar meu irmão?

DIA 114

Ed Thorn e dois servos ministeriais chegaram hoje para me escoltar de volta para “casa”. Todos estavam carregando armas.

DIA 115

Depois da minha tentativa de fuga e vários outros problemas disciplinares envolvendo outros irmãos, os anciãos criaram uma força policial de arma em punho. Eu fui, é claro, desassociado na reunião da manhã. Foi-me atribuído o dever da latrina.

DIA 116

Fui instruído para reportar ao Salão do Reino após o trabalho para “instrução adicional.” Eu vi Sam Greene e um par de outros “causadores de problemas” por lá. Fomos submetidos a uma hora de “re-doutrinação”, principalmente o lixo habitual sobre a manutenção de um espírito servil e não pensar muito de nós mesmos. Disseram-nos para voltar na próxima semana para mais do mesmo.

DIA 123

Eu explodi hoje na reunião da re-doutrinação. Eu disse para Ed Thorn que eu estava ficando louco de ver ele agindo como um Hitler teocrático. Eu também disse a ele que estava deixando a comunidade e que era melhor não tentar me deter. Meu erro. Thorn chamou sua força policial e fui preso. Estou sendo detido sob guarda armada em uma cela improvisada nos fundos do Salão do Reino.

DIA 124

Minha audiência judicial está marcada para amanhã. Sam Greene veio me ver. Quando os guardas estavam longe, ele me disse que seus esforços para entrar em contato com a Sociedade sobre o que os anciãos locais tinham feito não foi bom. Foi dito a ele pela Sociedade para ficar quieto e obedecer os anciãos sem questionar. Sam está muito deprimido sobre isso e sobre minha situação.

DIA 125

Minha audiência judicial foi realizada hoje. Ed Thorn atuou como promotor. Eu, é claro não tinha advogado de defesa e nem poderia chamar testemunhas. Após a audiência que foi realizada em segredo, eu fui julgado culpado de ser um apóstata impenitente. Eu fui solenemente informado que, de acordo com as instruções da Sociedade (conforme consta no “ORGANIZADOS PARA O NOVO MUNDO”) o castigo por apostasia é a morte por apedrejamento. Minha execução está prevista para amanhã.

DIA 126

Bem, este é o fim. Hoje mais tarde, serei levado lá fora para minha execução por apedrejamento. Eu preferiria levar um tiro na parte de trás da cabeça, mas a Sociedade, obviamente, sente que o apedrejamento proporciona uma lição melhor. Se eu tiver uma chance, vou jogar uma das pedras de volta no Ed Thorn. O engraçado é que eu realmente não me sinto tão mal com minha morte iminente. Esta Sociedade do Novo Mundo não é minha ideia de um paraíso e eu não quero viver com essas pessoas por toda a eternidade. Do paraíso perdido para o paraíso recuperado, e…para o paraíso perdido novamente.

EPÍLOGO

Todos assistiram meu apedrejamento, até mesmo as crianças. Ed Thorn solenemente pronunciou minha sentença de morte e, em seguida, citou a escritura dizendo a todos para “não deixar que seus olhos sintam muito.” Ninguém deixou. Meu único arrependimento é que eles amarraram minhas mãos atrás das costas para que eu não pudesse devolver uma de suas pedradas. Não foi muito esportivo. A última coisa que eu vi antes das luzes se apagarem foi um sorriso doentio no rosto de Thorn. Então eu acordei. No Paraíso. E havia São Pedro. “bem-vindo ao Paraíso, meu filho”, disse ele enquanto gentilmente pegou minha mão. Confuso, eu disse: “Mas eu pensei o Paraíso era na Terra com as Testemunhas de Jeová.” “Não”, explicou São Pedro, “Lá é o inferno.”


 THE DIARY OF AN ARMAGEDDON SURVIVOR


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *