Uma Tragédia Watchtower

Esta semana, um membro das Testemunhas de Jeová de 27 anos no Canadá, perdeu sua vida pela recusa em aceitar uma transfusão de sangue que poderia salvar sua vida. Éloïse Dupuis foi internada no hospital depois que seu parto domiciliar planejado resultou em complicações. Ela passou por uma cesariana e seu bebê foi salvo. No entanto, durante o procedimento, Éloïse perdeu uma quantidade significativa de sangue. Fontes dizem que por ser uma Testemunha de Jeová, Éloïse recusou a transfusão de sangue e morreu. Sua criança agora está sem mãe.

Quando eu li sobre esta história trágica, pensei sobre as pessoas que aconselhei e que agora se lamentam por terem permitido que seus filhos e entes queridos morressem por causa de sua fobia sobre este procedimento que salva vidas. Aprendi muito sobre esta organização e tenho me preocupado bastante com práticas como esta que provoca uma perda de vida completamente desnecessária, devido ao mal entendimento sobre a lei judaica Kashrut. É ordenado aos membros dessa organização a seguir cegamente as políticas fornecidas pelo seu Corpo Governante. O meu entendimento é que essa política tem-se alterado inúmeras vezes ao longo dos anos. Lee Elder da ajwrb.org publicou o site mais abrangente sobre questões relacionadas com a politica acerca do sangue da Sociedade Torre de Vigia. Vale a pena uma investigação completa: Particularmente para todos os profissionais de saúde, bem como juízes e advogados.

Eu digo isso como alguém que tem profundas preocupações que essa jovem foi sujeita à influência indevida por parte desta organização. Se ela tivesse a oportunidade de falar com pessoas de fora da Torre de Vigia, especialmente ex-anciãos, superintendentes de circuito, clero cristão, e até mesmo especialistas em seitas, o meu palpite é que, no mínimo, ela estaria numa posição informada sobre tomar uma decisão de morrer e deixar seu filho sem mãe.

Nascida e criada como Testemunha de Jeová, Éloïse Dupuis foi educada desde a infância, lendo livros e vendo vídeos sobre o Apocalipse, e como apenas os membros irão sobreviver. Eles são ensinados na visão preto e branco do mundo e no castigo corporal aplicado para incutir obediência e dependência. Eles são instruídos de que se houver qualquer desobediência, será ordenado a sua família e amigos para não se comunicar com você, e que sua vida será sem Deus. Fui informado de que todas as Testemunhas são instruídas a recusar transfusões de sangue, mesmo que seja uma questão de vida ou morte.

Se uma testemunha não hesitar em receber uma transfusão de sangue, ela é disciplinada pelo grupo e muitas vezes evitada por amigos e familiares. O manual para os anciãos das Testemunhas de Jeová, “Pastoreai o rebanho de Deus”, contém até mesmo instruções especiais para lidar com os membros que “de bom grado e sem arrependimento” tomam sangue. Ele diz na página 111: “Se alguém de bom grado toma o sangue, talvez por estar sob extrema pressão, o comitê deve obter os fatos e determinar a atitude do indivíduo… se os anciãos da comissão determinarem que não houve arrependimento, eles devem anunciar sua dissociação.” Em outras palavras, qualquer Testemunha de Jeová que se recuse a morrer e que, ao invés aceite sangue, corre o risco de perder os entes queridos que permanecem no interior do grupo. Este é um ultimato incrivelmente duro, e comprova o controle que a Sociedade Torre de Vigia impõe a seus seguidores.

Devido a questão de aceitar transfusões de sangue ser tão importante para a Sociedade Torre de Vigia, é dado aos membros do grupo (mesmo as crianças) cartões médicos de identificação, e instruções para discutir sua recusa com seus médicos. Eles também criaram equipes de ligação com os médicos para atender as testemunhas que estão gravemente feridas e verificar se a política é aplicada no hospital. Como relata o site JWsurvey, uma equipe como esta estava presente no caso de Éloïse Dupuis e eles “negaram o acesso a Éloïse” para qualquer não testemunha que tentasse visitá-la.

Devido a este fato, muitos dos membros da família e amigos não-Testemunhas de Eloise estão preocupados que ela pode ter sido pressionada a recusar a transfusão por aqueles ao seu redor. Ela provavelmente conhecia as consequências que ocorreriam se ela tomasse sangue e foi colocada sob estresse insondável durante seus últimos dias. Atualmente, o caso de Éloïse está sendo investigado pelo escritório do legista de Quebec para verificar se ela não foi indevidamente influenciada em sua cama rodeada de representantes da Torre de Vigia. Se o inquérito confirmar que Éloïse não estava em boas condições emocionais para recusar o sangue ou que foi pressionada a fazer contra sua vontade, medidas legais podem ser tomadas neste caso.

Em vez de compreender o mal que estão fazendo a seus seguidores, histórias como a de Eloise são frequentemente elogiadas pela Torre de Vigia como “exemplos de fé em face da perseguição do mundo.” Abaixo está um vídeo do membro do Corpo Governante Anthony Morris, recontando a história de uma criança que recusou sangue e morreu. Em vez de suspiros de horror, este conto é recebido com aplausos da plateia. Um verdadeiro sinal do modelo de CONTROLE MENTAL em funcionamento.

É uma pena que o filho de Éloïse Dupuis vá crescer sem a mãe devido às políticas da Sociedade Torre de Vigia. Desde que seu pai é igualmente testemunha, provavelmente será contado que sua mãe foi uma mártir que estava disposta a morrer pela “vontade de Deus.” Com certeza, estou otimista de que ele irá perceber a verdade sobre a Sociedade Torre de Vigia e adquirir sua própria liberdade de espírito, como tantos outros fizeram. Nesse meio tempo, espero que esse caso leve a uma ação legal contra Torre de Vigia, e que eles possam mudar suas politicas.

por Steven Hassan M.Ed, LMHC, NCC – 10/21/16

Steven Hassan é autor de:

Combating Cult Mind Control: The #1 Best Selling Guide to Protection, Rescue and Recovery from Destructive Cults

A Watchtower Tragedy

COPYRIGHT © 2014 FREEDOM OF MIND RESOURCE CENTER INC.

Um Comentário

  1. Minha mãe é uma Testemunha de Jeová e faz 8 anos que não a vejo. Ela não é mais a mulher inteligente que foi um dia, tudo o que ela fala agora é sobre estar preparado para o Armagedon e como o tempo de Satanás está se esgotando, o que explica todas as coisas horríveis que acontecem atualmente em nosso mundo. Na verdade, isso é muito triste.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *